quarta-feira, 21 de abril de 2010

ASSALTO A DELEGACIA DE POLÍCIA

Alguém me liga indignado: "Pô, assaltaram uma Delegacia de Polícia, onde vamos chegar?"
Meu caro amigo, não vamos chegar: já chegamos.
A nossa sociedade, através de uma pressão enorme das esquerdas que confundem segurança e ordem democrática, com repressão desenfreada de ditaduras, estabeleceu um regime frouxo, onde ninguém é condenado por nada. Ninguém vai preso mais por furto, roubo e outros crimes, não raro nem por homicídio.
Quando um policial fere ou mata algum deliquente em ação típica de repressão social, responde a sindicâncias, inquéritos e processos judiciais sem fim.
A nossa sociedade fez questão de desmoralizar a polícia, tirar toda a sua força. Fez tudo para esvaziar o aparelho policial, dimuindo salários, diminuindo materiais à disposição dos órgãos de repressão. Deixando nas mãos dos policiais material bélico ultrapassado, e muito inferior ao da delinquência.
A falta de policiamento ostensivo é uma realidade. Já ultrapassei a cidade do aeroporto até Ipanema, sem encontrar sequer um policial na rua.
Há 30 anos ou mais era impossível pensar num episódio como aconteceu nesta Delegacia da zona sul. Hoje, não há qualquer surpresa na ação, e ela vai resultar em nada, pois ninguém será preso e responsabilizado, e se o for será imediatamente solto, podendo voltar a delinquir a vontade na sequência.

Um comentário:

Ivone disse...

Um roubo em casa,sumiço de várias coisas,janela com vidro quebrado no qual passa somente uma criança!Chamado feito a policia!qual não foi a surpresa!morador da casa ouve do policia que fala com sorriso no rosto:::::ISSO É COISA DO "FULANINHO!" disse o nome do guri que fez o estrago!E ainda diz que o mesmo está acostumado a fazer isso por ser menor não fazem nada com o riquinho!É a lei!Fazer o que????????

Arquivo do blog

QUEM É ESTE ESCORPIÃO?

Minha foto
PORTO ALEGRE, RIO GRANDE DO SUL, Brazil
EU E MINHAS CIRCUNSTÂNCIAS