sexta-feira, 16 de maio de 2008

MEU IRMÃO ALFREDO E LINDOS RECUERDOS


Todo mundo tem um tio Alfredo. Pois eu, além de ter um avô Alfredo, um tio Alfredo, tenho dois primos Alfredos, e, principalmente um irmão Alfredo. Nasceu Alfredo, logo virou Alfredinho. De Alfredinho ao apelido que ficou Dinho, foi um tapa.
Pois quando do último aniversário de Gabriela, minha única filha, o meu irmão Alfredo me mandou este pequeno e bom texto com recuerdos dos idos de 1981, vale a pena transcrever:
"Começando com Janeiro quando passaste lá em casa numa segunda feira, estavas indo pra Cidreira, tinhas conseguido uma semana de folga com o Tabelião...., convidou-me, depois de dar vacilada acabei indo. Fusca amarelo, lembra? Chegamos em Cidreira pois já estava lá Lúcia, Noemi, Paulinho e Cristina no outro dia chegava Paulo Figueiró. Tive algumas férias inesquecíveis: Paraná em uma fazenda de amigos, Santa Catarina ( Ibiraquera, Praia do Rosa) e Rio de Janeiro. Mas a alegria daquela semana foi a melhor, a casa era uma chalé verde em frente ao bar do João. Escrevo pra lembrar 81 ano, em que a Gabriela nasceu 4 meses depois daquele dia. Gabriela nasceu em 8 de maio, em uma sexta feira, 5 dias antes o Grêmio fora campeão brasileiro pela primeira vez. Baltazar Maria de Moraes Junior lembra? Cruzada de Paulo Roberto, o guri de Viamão. Estavamos lá em casa sentados vendo o jogo . Pai, eu eo Zé( sentado no banco do fusca que ele retirou pra ver o jogo) (não entendi até hoje ainda).Na cozinha da casa, a mãe e a Lúcia. Zé se falares com a Gabriela manda um abraço. Dinho."
O tal fusca era um fuscão ( Volkswagen 1973 amarelão, com 1.500 cilindradas). Como existia poucos assentos confortáveis na casa de meus pais, ali em Viamão, eu tirei o banco traseiro do fusca, e levei para assistir a final do campeonato brasileiro. O Grêmio tinha ganho a primeira partida em Porto Alegre e disputava naquele dia a segunda partida no Morumbi, quando ganhou de 1x0 com o lindo gol descrito acima.
Quanto aos dias de férias em Cidreira, realmente foram muito bons, pois naquele tempo não se tinha casa na praia, e uma estada de alguns dias num balneário era motivo de muita alegria. Você esqueceu de lembrar - o que é injustificável - do Bug preto do Nelson, com rodas de avião...
Fico agradecido ao Dinho, em especial em nome da Gabriela. Um grande abraço.

Um comentário:

Ivone disse...

BEM LEGAL POR PARTE DO DINHO ESSES RELATOS ,RECORDAÇÕES DE FAMILIA QUE FICAMOS,TEM MUITAS SE FORMOS RELATAR!GOSTO MUITO DE CONVERSAR COM O DINHO ,ELE FAZ A GENTE LEMBRAR DE FATOS QUE NOS DIVERTE MUITO AS VEZES,ASSIM COMO FATOS TRISTES TAMBÉM!RECORDAR É COM ELE MESMO,ELE SEM DUVIDA É UM CARA LEGAL,SIMPLES E SINCERO NAS SUAS ATITUDES!SEM DÚVIDA MOTIVO DE ORGULHO DE SER IRMÃ DELE!BJS

Arquivo do blog

QUEM É ESTE ESCORPIÃO?

Minha foto
PORTO ALEGRE, RIO GRANDE DO SUL, Brazil
EU E MINHAS CIRCUNSTÂNCIAS