sexta-feira, 8 de agosto de 2008

POR QUE AS COISAS BOAS ACONTECEM ÀS PESSOAS BOAS?

Harold Kushner escreveu um livro – que nunca li – chamado Por que as coisas ruins acontecem às pessoas boas. Não li por não querer saber a resposta. Pode parecer estranho eu falar de um livro que não li, mas não é, tem uma explicação, não necessariamente profunda, mas tem. A natureza não quer saber do que é justo ou injusto seria a explicação mais fácil, dita por um advogado meu amigo. Resisto a ela, no entanto, pois não sou ateu ou agnóstico. Confesso que às vezes a idéia queima alguns dos meus pobres neurônios remanescentes. Prefiro pensar por que nos acontecem as coisas boas.
Há alguns anos minha filha – Gabriela – me interrogou na saída de um hotel, não sei onde, de qual o motivo eu estava dando uma gorda gorjeta para o boy do hotel que levara nossas malas até o carro. – Por que tu vais dar este dinheiro para ele se nunca mais o vais ver.
Ainda lembro com orgulho de minha resposta sem titubear, tipo bate-pronto: todas as vezes que fizemos um bem sem olhar a quem, e sem motivo aparente, criamos em torno de nossa figura uma verdadeira aura positiva, a qual é acumulativa, a tal ponto de nos criar uma barreira de proteção. Contrário senso, ao espalharmos maldades por aí, estaremos atraindo todas as coisas ruins.
Outro dia chegou no meu trabalho um cidadão de poucas posses, com 94 anos de idade, querendo fazer um trabalho particular difícil, e eu me propus a fazer para ele, tendo dito cidadão me perguntado o valor dos honorários, disse-lhe que não lhe cobraria nada, o que lhe deixou muito emocionado e agradecido. Ele, tal como minha filha, me perguntou por que estava fazendo aquilo de o isentar de honorários, foi então que lhe contou a história acima.
Pois ele saiu dali muito feliz, e , não mais que dez minutos depois, um outro cliente de boas posses, entrou com um cheque para me pagar um antigo serviço, o qual tinha o valor de dez ou mais vezes, o valor que, eventualmente, eu poderia ter cobrado daquele velho senhor.
Não precisa explicar mais: SEM LEGENDAS....

* Os antigos cartunistas da velha revista O CRUZEIRO, FATOS E FOTOS e MANCHETES quando a charge falava por si só colocavam em baixo SEM LEGENDAS.

Um comentário:

Ivone disse...

acho muito engraçado quando tu te referes a LEGENDA ,sempre acaba explicando!huahuhauhauhauhauha
tchauzinho,,,agora sem legenda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!fui

Arquivo do blog

QUEM É ESTE ESCORPIÃO?

Minha foto
PORTO ALEGRE, RIO GRANDE DO SUL, Brazil
EU E MINHAS CIRCUNSTÂNCIAS