quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

TRADIÇÃO BOBA

Algumas vezes, estávamos caminhando na praia lá em Capão Novo, quando via passar a tal Cavalgada do Mar. Milhares de cidadãos pilchados, montados em seus cavalos, desfilando pela beira mar. Eles fazem anualmente o trecho percorrendo todas as praias.
Em determinados lugares, param fazem churrasco, bebem, contam causos, descansam, eles e os animais.
Este ano estorou o escândalo, pois alguns animais morreram.
As mortes, segundo consta, foram por cansaço e por desidratação, o que é muito grave.
Nasci e frequentei muito a minha terra São Gabriel, nunca vi por lá os peões submetendo seus cavalos a caminhadas inúteis, pelo contrário, eram todos animais de lida, exceto em pequenas carreiras de tiro-curto. Corridas de no máximo 200 a 300 metros, onde o animal nem chegava a cansar. O verdadeiro gaúcho sempre se preocupou com a saude primeiro de seu cavalo, pois meio de trabalho, até antes da sua.
Fazer uma caminhada a cavalo pela beira mar é completamente sem propósito, submetendo os animais a um rigor fora de seu habitat.
Já escrevi que os chamados Centros de Tradições Gaúchas cultivam uma tradição que nada tem com a verdade das coisas do Rio Grande. As moças usam longos vestidos, todos recheados de saias de baixo, com grandes babados. Ora este traje não era o típico das mulheres do interior, as quais usavam saias longas, é verdade, mas com caimento natural. Este traje esta corretamente retrato no filme Ana Terra.
De mesma sorte, o traje que os homens usam é típico não do peão e sim do estancieiro ou fazendeiro rico, e adequado para os dias de festa.
Em suma, a tal cavalgada é mais uma falsa tradição que nada agrega à nossa verdadeira cultura.

Um comentário:

Ivone disse...

Podes até nem colocar aqui esse comentário mas é minha opiniao a respeito disso!Tem certos gaúchos que não sabem nem o motivo que estarem ali é só um motivo de querer aparecer!Colocam em risco a vida dos animais por isso!aparecer nada mais!

Arquivo do blog

QUEM É ESTE ESCORPIÃO?

Minha foto
PORTO ALEGRE, RIO GRANDE DO SUL, Brazil
EU E MINHAS CIRCUNSTÂNCIAS