segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

NOMES

Outro dia, eu estava num supermercado da Bolívia, denominado Safári, quando fiz o que sempre costumo fazer para prestigiar o funcionário: olhei para o crachá para dizer, muito obrigado João; muito obrigado Luís...
O crachá dizia: DIONLENO.
Pensei que devia ser filho do Dionísio e da Lenora.
Em seguida, o Tico e o Teco ( meus únicos neurônios espertos) se deram conta: DIONLENO = JOHN LENNON!
Os pais bolivianos certamente são pessoas de pouca instrução, mas e o escrivão?
Deixar o coitado do menino pagar um mico deste tamanho.
Está se tornando comum os pobres colocarem nomes alienígenas nos filhos, enquanto os ricos ficam com os nomes comuns portugueses: Mário, José ou João.
O problema é que na hora de escrever os nomes estrangeiros eles tendem a traduzir foneticamente e saem as coisas mais absurdas.
É muito comum os MAICOU, SUELENS, RICHARDES, VASCINTON, ANDERÇON e outros.
O triste é que as pessoas levam para toda a vida um erro sobre o qual ficam o tempo todo dando explicação.

Um comentário:

Ivone disse...

Tem gente pra tudo,escrita errada em nomes então minha nossa!SOCORRO!
Nomes comuns que tem que dar explicaçoes tempo todo é incrivel isso!Em casa tenho um exemplo fácil!Geralmente nome CELSO É ESCRITO COM "C",mas o meu marido foi premiado com um "S"(seria isso,bebedeira do pai ou burrice do escrivão?!!!! SELSO,desde criança quando vai dizer o nome repete:é com "S"!Oincrivel é que tem pessoas que quando ouvem isso escrevem com "S' na primeira silaba e lascam um "Ç" na segunda!"selço"Heheheheheheh boa semana!bjs

Arquivo do blog

QUEM É ESTE ESCORPIÃO?

Minha foto
PORTO ALEGRE, RIO GRANDE DO SUL, Brazil
EU E MINHAS CIRCUNSTÂNCIAS